COMO TODOS OS GRANDES VIAJANTES, EU TENHO VISTO MAIS DO QUE ME LEMBRO, E ME LEMBRO MAIS DO QUE TENHO VISTO.

 

Essper George, personagem de Benjamin Disraeli no romance Vivian Grey (1826)

Últimos textos
Arquivo
Sobre
O blog do Same Same traz relatos dos bastidores das reportagens reproduzidas neste site portfolio. São pequenas histórias que não foram contadas nas revistas em que foram publicadas.
 
quinta-feira, 26 dezembro 2013

Especialmente para produzir o livro sobre o rio Amazonas, rodei um bocado pelo Brasil no ano passado. Comecei 2013 no Monte Roraima, nas alturas do Norte do país. Fiz também uma rota oeste-leste completa: entrei na Tabatinga amazônica navegando desde Santa Rosa, no Peru, e Letícia, na Colômbia, e alcancei o Atlântico logo ali no Amapá, pertinho do Oiapoque. Sem planejar, acabaria o ano também ao nível do mar no extremo Sul, cruzando a fronteira do Chuí. E acabei fazendo o ranking das minhas 10 melhores experiências de viagem no ano.

MELHOR PRAIA: Praia dos Carneiros, Pernambuco

Demorou pra eu conhecer, mas valeu a pena. O litoral mais amado do estado fica a 90 km de Recife  A praia é linda, com mar calmo e quente, areia clarinha e com uma igreja bucólica onde todo mundo sonha casar. Melhor para quem se hospeda diante do rio, como no Sítio da Prainha.

www.sitiodaprainha.com.br

 

Praia dos Carneiros, a melhor praia visitada em 2013

Praia dos Carneiros, a melhor praia visitada em 2013

 

MELHOR TREKKING: Monte Roraima, Roraima

Abri o ano com uma caminhada de 7 dias em tepuis a 2700 metros de altura e rodeado pelo universo das pequenas grandes belezas biológicas. Trekking moderado especialmente quando há alguém levando a comida para você.

www.roraima-brasil.com.br

 

MELHOR VIAGEM DE BARCO: Barco Luan, Santarém-Macapá, Brasil

O meu novo amado Rio Nilo que me entenda, mas não há nada como navegar encasulado numa rede em um gaiola que percorre o Amazonas. As 30 horas dessa rota foram as mais intensas da três viagens para o livro sobre o Rio Amazonas, que fiz com o fotógrafo Adriano Fagundes e lançamos em janeiro de 2014.

www.adrianofagundes.com/the-amazon-project

 

MELHOR HOTEL ECONÔMICO: Querido, Buenos Aires

Pequeno, aconchegante, bem localizado no bairro residencial de Villa Crespo: o Bed and Breakfast mais recomendado da capital argentina agradou especialmente pela recepção dos donos, a baiana Mariana e o inglês Ali.

www.queridobuenosaires.com

 

MELHOR HOTEL 5 ESTRELAS: Palácio Nazarenas, Cusco

Cama com dossel, roupão de seda, chão aquecido no banheiro, aula de pisco sour no quarto, música ao vivo no café da manhã à beira da piscina. Com serviço impecável e ambiente moderno, me encantou mais que seu vizinho Monastério.

www.palacionazarenas.com

 

MELHOR PERNOITE 1.000 ESTRELAS: Casinha de tela, Mamirauá

A reserva sustentável amazônica já é o máximo. Sua pousada, a Uacari, permite interação total com a natureza. Feliz mesmo é quem troca o quarto confortável por uma noite no coração da mata. Capa da última RED, destaque no livro sobre o rio.

www.pousadauacari.com.br

 

MELHOR FESTA: Os Seguranças de Lala K, Carnaval de Olinda

Estrear no Carnaval de Recife e Olinda foi tão marcante que dá vontade de votar na festa como um todo. Mas, para ser específico, recomendo este inferninho nas alturas de Olinda. Superou até minha festa paulistana favorita, a Selvagem.

www.carnaval.olinda.pe.gov.br

 

MELHOR SPA: Old Cataract, Aswan, Egito

Um clássico na cidade mais linda do Egito, o hotel Old Cataract conta com o charme de estar diante do Nilo e de ruínas milenares. Foi cenário de romances da hóspede Agatha Christie e guarda o spa onde ganhei uma ótima massagem núbia.

www.sofitel-legend.com/aswan

 

MELHOR RITUAL: Prece muçulmana à beira do Rio Nilo, Egito

Bater cabeça para Alá depois da aula de islamismo e de higiene pré-oração, diante do templo egípcio de Philae, foi o auge da viagem. E superou até o ritual para Pachamama, no solstício de inverno, que eu havia feito em Espinar, Peru.

www.eagletvl.com

 

MELHOR RESTAURANTE: Banzeiro, Manaus

O que é a costela de tambaqui que o chef Felipe Schaeler prepara no restaurante que melhor pesquisa a gastronomia amazônica? Nas duas vezes em que fui lá (para a TAM Nas Nuvens e o livro), repetimos ainda o petit gateau de cupuaçu.

www.restaurantebanzeiro.com.br

 
Deixe um comentário




 

DISCLAIMER: Conteúdo protegido por leis de direito autoral. São proibidas quaisquer formas de reprodução, total ou parcial, do conteúdo disponível no website. Criado por Daniel Nunes Gonçalves e Danilo Braga. © Todos os direitos reservados.